EC

Objetivo do Curso | Estrutura Curricular    | Estágio Curricular | Monografia 

 
 
 
 
O Bacharelado em Linguística tem duas modalidades de Estágio Curricular: o estágio obrigatório e o não-obrigatório, segundo os termos da Lei 11.788 de 25 de setembro de 2008, e pela Portaria GR 282/2009. O Estágio Curricular Obrigatório deve ser cumprido como requisito para a integralização do curso, enquanto o não-obrigatório consta como atividade complementar. Ambas modalidades têm por objetivo criar condições para que o estudante vivencie experiências de trabalho. 
 
 CONQUISTANDO O MERCADO DE TRABALHO

 

Fazer um estágio, em suma, é colocar em prática os conhecimentos adquiridos ao longo dos quatro anos de graduação, tendo em vista adquirir experiência para ingressar na vida profissional. As concedentes no mercado de trabalho contribuem com o desenvolvimento de habilidades pessoais, como divisão de trabalho e senso de equipe, além de desenvolver atividades práticas, podendo ser um caminho para enfrentar o mercado de trabalho futuro e possibilitar que o estagiário seja efetivado na empresa.

O mercado de trabalho tem demandado cada vez mais profissionais da área de linguística. Diversos campos de atuação requerem um profissional com a capacitação de um linguista enquanto alguém que tem conhecimento específico da língua.

Ao realizar o curso de Bacharelado em Linguística, você pode seguir a carreira acadêmica sendo pesquisador e professor na área que você optou. Nas áreas do Bacharelado com as quais você trabalha há três ênfases: a de Processamento de Língua Natural (PLN), Meios e Materiais e Texto e Discurso. Estas ênfases caminham lado a lado com o desenvolvimento tecnológico, requerem um número alto de profissionais capacitados, considere-se que o linguista ao trabalhar com texto pode contribuir na confecção de materiais instrucionais, de divulgação e esse trabalho é de uma óptica diferente do trabalho de um publicitário ou jornalista, por exemplo. Na ênfase de Texto e Discurso também podemos trabalhar na mídia, tendo uma relação de reflexão diante das novas tecnologias e dos modos de trabalhar com elas na contemporaneidade.

O aluno do Bacharelado em Linguística pode optar por uma dessas ênfases direcionando-se para o meio acadêmico, buscando desenvolver projetos de Iniciação Científica (IC) e outras atividades relacionadas. Pode, inclusive, realizar estágios nos próprios laboratórios da Universidade ou do Departamento de Letras (DL).

Quando for procurar por um estágio, um aluno de linguística deve ter sempre em mente a área de opção e onde deseja atuar. Normalmente, a maioria dos graduandos começa a procurar pelo estágio não obrigatório no fim do segundo ano, para ter início no seu terceiro ano.

As áreas de atuação e as possíveis empresas contratantes podem ser encontradas neste site. Qualquer dúvida, entre em contato com a secretaria do curso ou com o professor responsável pela coordenação de estágio.

 
 
 

 Estágio Curricular  | Orientações para Estágio Obrigatório | Lista de Concedentes | Normas | 

Coordenação de Estágio | Formulários & Modelos Experiências